domingo, 15 de novembro de 2009

As gralhas do Douro


A distribuição da gralha-de-bico-vermelho (Pyrrhocorax pyrrhocorax) em Portugal é bastante fragmentada e resume-se basicamente a 6 núcleos populacionais mais ou menos estáveis, Sagres, Serra de Aires, Serra da Estrela, Douro Internacional/Superior, Alvão/Barroso e Gêres, havendo ainda observações pontuais em outros locais como na Serra da Cabreira, Mértola ou na Zambujeira do Mar.

Provavelmente um dos maiores núcleos, espacial e numericamente será o do Douro Internacional/Superior, contudo a informação sobre desta espécie nesta zona é bastante pontual e dispersa. Do nosso conhecimento e das informações que nos tem chegado foi possível confirmar 16 das 38 quadrículas (5X5 km) de possível ocorrência, além das observações feita no Douro Interncional/Superior, foi ainda confirmada a presença desta espécie no Sítio de Importância Comunitária (SIC) Rio Sabor e Maçãs.

Aproveito este post para deixar uma palavra de agradecimento, a todos aqueles que nos tem ajudado através do envio de observações realizadas de Norte a Sul de Portugal, a todo muito obrigado.


4 comentários:

Joao disse...

Ao olhar para o mapa agora publicado vejo que a área onde a gralha-de-bico-vermelho era abundante nos anos 90 surge como de ocorrência possível. Estou a falar da zona de Poiares, nomeadamente da ribeira do Mosteiro onde existia alguns casais a nidificar e o Penedo Durão. Alguma razão especial para este declino? João Carlos Farinha

Projecto Bico-vermelho disse...

Olá João,

O mapa apenas reflecte a informação que nos tem chegado ao Projecto desde que foi criado, estamos cientes que muitas das quadrículas que estão com pontos vermelhos têm gralha e a Ribeira de Mosteiró é um bom exemplo.

Um abraço

Paulo Barros

Jambas disse...

Olá
Quando vi o mapa da distribuição reparei na “ausência” da espécie em algumas quadrículas, mas que realmente ela está presente e no caso da Rib. Do Mosteiro tenho observação de 4 indivíduos a 24/06 deste ano. Dou os parabéns ao projecto e peço desculpa por não ter mandado informação e sei que melhoraria substancialmente a qualidade do mapa. Mas fica a promessa que dentro em breve mando tudo. Bom trabalho.
Jambas

Projecto Bico-vermelho disse...

Olá Jambas,

Obrigado pelo registo.

Um abrço,

Paulo Barros